Thursday, 28 May 2009

*








um pouco de mar no jardim:

exactamente do tamanho

do lago no chafariz.




Sen no Rikyû

trad.: Stephen Reckert





*



Saturday, 16 May 2009



*





Photobucket



libertas nos degraus do tempo

o espelho da inexistência

lugares comuns

lúcidos em loucura uniforme

vozes

...

... há palavras escondidas nas cadeias do tempo!




*h



*




Monday, 11 May 2009

*











o tempo


É a flor, uma semente

bate-lhe o vento

e é uma rosa pura

passa o tempo, uma roseira.

A flor o seu destino tem

mas eu não o tenho

e nem da vida sei.

Não compreendo o mar,

nem o sol, nem o pensar.

Não tenho sonhos

nem sei o que é sonhar.

Estou perdido na minha vida

que é dentro de mim

não conheço o vento

nem o tempo, não conheço nada

do que há aqui à minha volta.

E nem conheço quem me fala

e nem conheço ninguém que sorri.

Só sei escrever e só vejo quem é como eu

faz chorar, meditar e escrever.




Patricia Susana 9 anos






*

Wednesday, 6 May 2009

*





Photobucket




terás de percorrer uma longa distância...


entre a pura multidão das ondas

e a impura multidão dos homens





*h




*


Saturday, 2 May 2009



*





Photobucket





mais além

onde nem tu

ousas chegar


só o tempo...

só o invisível tempo

te poderia levar




*h




*