Monday, 29 December 2008

Photobucket




explicação dos espelhos


e multipliquem os espelhos que cantam

tenho o coração escondido para que ninguém o veja

conheço a chuva dos olhos e encosto o ouvido

aos joelhos



dou-te uma escada construída por relâmpagos

uma escada feita de folhas e de cântaros para

matar a sede

e uma pomba dentro do poema

para que possas morrer



cantar um rumor

no

fogo






maria azenha

in A chuva nos espelhos





**


Saturday, 20 December 2008




ascensão




Photobucket




O oceano ilimitado do cosmos

adensa-se no rumo das descobertas.

Nos mares do universo,


os planetas são as costas a atingir.


As epopeias não terminaram!

Ainda há rotas a cruzar

e mundos a descobrir.


(...)


Ascender!

Eis a essência.


Ou a necessidade!





Vicente Ferreira da Silva

in Metafísica (poética)



**



Saturday, 13 December 2008


**

doce sal de prata



Photobucket




... entrei no mar com pegadas de fio de prata ...

para mergulhar nas doces e calmas águas,

a vontade de te abraçar...

doce melodia da alma!



*h



**