Tuesday, 29 April 2008

...

Photobucket


...implorei por vós na Terra

...procurei por vós no céu

...chamei por vós no mar


para por fim vos encontrar,

oculto como preciosa pérola,

...no interior do meu coração...



h

fotografia retirada da net

***

Saturday, 26 April 2008

a velha ilha

Photobucket


Chuva vem com o vento

a cair no mar

que faz sons,

sons fazem música

ao bater no mar

no Oceano que renasce.

A ilha dança

dança o negro sozinho

sozinho a olhar

para o mar

a ver se vê barcos grandes

ou pequenos

o tamanho não importa

importa sair

da ilha solitária.




poema de Victor Hugo ( 9 anos)

imagem retirada da net



***

Wednesday, 23 April 2008

pudesse eu

Photobucket




Pudesse eu não ter laços nem limites

Ó vida de mil faces transbordantes

Pra poder responder aos teus convites

Suspensos na surpresa dos instantes.




poema de Sophia de Mello Breyner Andresen

fotografia de Erian


***

Tuesday, 22 April 2008

Dia da Terra

Photobucket


"Dia 22 de Abril é o Dia da Terra. Do nosso Planeta.
Este dia pode assim englobar todas as temáticas
comemoradas no
"
calendário ambiental",
constituindo uma excelente oportunidade para
fomentar o início de projectos mais amplos nos
domínios ambiental, com benefícios para todos.

(...)

Desafio-o(a) a si a mudar um hábito seu a partir de hoje.
Várias sugestões podem ser encontradas
aqui, ali e acolá.
Também poderá aproveitar para
jantar com a Terra.
Se nenhuma destas ideias lhe satisfaz, seja criativo(a) e inove.

As possibilidades são infinitas!"


texto retirado daqui

fotografia retirada da net


***

Friday, 18 April 2008

... e tu sabes?

Photobucket


...Cada momento da vida é uma oportunidade

e a maior de todas,

é reconhecer o quanto ela vale...


... e tu sabes?



h

imagem retirada da net



***

Tuesday, 15 April 2008

...silêncios

Photobucket



Silêncio:

o mar adormeceu

embalado pelo canto da lua


h

fotografia retirada da net

***

Friday, 11 April 2008

Wednesday, 9 April 2008

dizer (II)

Photobucket






Eis que ouve vindo dos boreais:
-"No ciclo espiral aprende a morrer
na ressurreição dos brancos ancestrais"!

Eis que assoma do lado austral,
meneio de milagre momento,
a sacra espantosa unidade total!
.
Logo em revoada de murmúrios,
capta o olhar Zéfiro invisível
vogando à bolina de ocidentais augúrios.

Ao que eólico gosto puro de aurora
fiapos de espuma em lábios desprende
transcendente sabor de Aqui e Agora!

.

.

.

poema de daniel cristóvão
fotografia de Annie W.

***

Thursday, 3 April 2008

água...water...wasser...eau...aqua...

Photobucket


...doce

fresca...

...suave

líquida...

...transparente

...






...e se for a chuva?
.
.
... são doces beijos de ternura vindos do céu ...
.
.
.
.
.
h
fotografia de Klaus W.
***

Tuesday, 1 April 2008

Photobucket


***